Com nova vertical, OLX quer alcançar liderança até 2020

5 de Outubro de 2017

Fonte: DCI

 Depois de lançar o Storia Imóveis, a empresa de classificados OLX anuncia outros aportes para o mercado imobiliário. Entre as novidades para 2018 está a criação de novas soluções de gestão para profissionais da área e melhorias na plataforma vertical. A meta é ser o número um do nicho entre 2019 e 2020.

"Será como uma one stop shop para os profissionais", ilustra o gerente geral de imóveis da OLX Brasil, Igor Pereira. Mesmo sem poder revelar muito sobre os novos investimentos, ele destaca que uma das ideias é lançar um produto que complemente o ecossistema e que auxilie o profissional da área a gerir o seu portfólio de imóveis e clientes. "Além disso, vamos prover inteligência, porque ninguém tem mais dado que a gente", explica.

A outra aposta da empresa é aperfeiçoar a plataforma Storia Imóveis. Atualmente a vertical - lançada em fevereiro - possui foco em imóveis de médio e alto padrão do segmento residencial, além do segmento de escritórios corporativos. A ideia agora, é melhorar a quantidade e qualidade das informações para o corporativo. "O que queremos é uma solução mais específica para este mercado. Além do visual do site, queremos oferecer mais conteúdo que atenda as necessidades comerciais. Ainda precisamos decidir o que será, mas um exemplo seria o ranking dos restaurantes na região ou a proximidade de cartórios. Já temos algumas informações detalhadas, mas queremos estudar o que mais agrega valor a um escritório."

De acordo com ele, o Storia nasceu com o objetivo de ser uma plataforma que sirva como a principal fonte de informação do comprador e agora, com uma solução mais específica para o corporativo, a ideia é trazer o mesmo conceito para o ambiente de escritórios. "Já que é a maior decisão da vida de um comprador ou até do inquilino, porque não trazer aquela informação toda e colocar de maneira fácil para esse comprador consumir isso e reduzir o risco da transação? Queremos empoderar o consumidor", diz. Hoje, de acordo com Pereira, 67% dois usuários são recorrentes, ou seja, retornam à plataforma.

Outra novidade para 2018, segundo o executivo, é a entrada em novos mercados. Apesar de já possuir uma oferta nacional, ele conta que 80% das ofertas ativas no Storia estão concentradas nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. "A partir do ano que vem expandiremos para todo o País", diz.

Com todas estas estratégias, ele destaca que a expectativa é que o faturamento da OLX Imóveis e do Storia Imóveis deixe o braço de negócios em segundo lugar no mercado de plataformas imobiliárias. em 2018. "A partir de 2019 e 2020 estaremos brigando para ser o número um", destaca Pereira.

Metas

Apesar de ter sido lançada na segunda quinzena de fevereiro, a plataforma Storia já possui mais de 750 mil ofertas ativas [anúncios] e a previsão é que chegue a 1 milhão até dezembro. "Acredito que com um ano de operação cheguemos em algo em torno de 1,5 milhão", ressaltou Pereira. Em termos de audiência, a empresa acabou de bater a sua meta para o primeiro ano de operação, de 1 milhão de usuários únicos, durante o mês de agosto.

Enquanto a OLX é uma plataforma horizontal aberta para anunciantes profissionais e pessoas físicas, o Storia é voltado apenas para pessoa jurídica. A estratégia de monetização do grupo, no entanto, será feito em conjunto. "A gente vai oferecer a contratação combo também. A empresa vai ter um desconto considerável para estar nas duas", explica

De acordo com ele, o perfil de usuário das plataformas são diferentes, portanto, estar nas duas pode trazer uma gama de pessoas muito maior. "De um lado temos a OLX com uma audiência cavalar e penetração nacional super capilarizada e do outro lado, temos o Storia com a melhor experiência do mercado e mais focado nas cidades médias e grandes" diz.

O lançamento do Storia faz parte da estratégia global da OLX de lançar plataformas verticalizadas. A próxima novidade no País deve ser o de auto.

Rua Trajano, 279. Edifício Trajanus, salas 101 e 102. Centro. Florianópolis | SC - CEP: 88010-010

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.