Imóveis irregulares foi assunto da reunião do Núcleo Imobiliário de Lages com vereador

Por ACIL Lages

10 de Agosto de 2017

O grande número de imóveis irregulares em Lages e a falta de um cartório de notas e protestos no bairro Coral foram assuntos tratados pelo Núcleo de Imobiliárias e Corretores de Imóveis da ACIL (NIMOB) em reunião realizada, no dia 02 de agosto.

A coordenadora do NIMOB, Marisa Bussolo, destacou que estes são assuntos recorrentes nas reuniões do núcleo por serem assuntos de vital importância para o andamento dos serviços de muitos setores. O empresário Nilceu Matos enfatizou que a regularização dos imóveis o assunto que traz mais preocupações, “existem imóveis construídos há mais de 10 anos que encontram-se irregulares, mas temos a opinião de que não devem ser demolidos e sim ser criada uma penalização, uma multa. Deve-se levar em conta que muitos destes imóveis são utilizados para comércio e empregam muitas pessoas”, explicou ele.

O vereador se mostrou favorável a uma discussão entre todos os envolvidos, Município, Ministério Público e outros interessados, com a participação dos integrantes do núcleo e demais corretores de imóveis, para discutir a Lei de Regularização de Imóveis e tentar encontrar uma alternativa que não seja a demolição dos imóveis. “É preciso usar o bom senso, por isso precisamos abrir uma ampla discussão, com a possível criação de uma multa para os imóveis que encontram-se irregulares e definindo que a partir daquela data o que for construído de forma irregular será demolido”, comentou Mauricio, que se comprometeu a conversar com a Presidente da Câmara Aida Hoffer, que também já está envolvida, com o intuito de auxiliar e encontrar uma solução para o problema, e se possível marcar uma audiência pública para o mais breve possível.

Com relação a mudança de um cartório de notas e protestos, do Centro para o Coral, Mauricio explicou que é um pouco mais complicado para resolver, pois depende da Corregedoria do Tribunal de Justiça e também é necessário que um dos quatro cartórios de Lages se disponha a mudar para o Coral. O vereador se dispôs a conversar com o Vereador Thiago, o qual pelo que sabe está a par da situação, e, em conjunto buscar apoio dos desembargadores que já atuaram em Lages, para tentar esta mudança. Caso a mudança não seja possível, caso possível tecnicamente propor a criação do 5º Cartório de Notas e Protestos.

Rua Trajano, 279. Edifício Trajanus, salas 101 e 102. Centro. Florianópolis | SC - CEP: 88010-010

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.