Chapecó recebeu 12º Salão do Imóvel e Feirão Caixa

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional - Por: Marcos A. Bedin

1 de Junho de 2016

Mais de 3.800 pessoas visitaram a 12ª edição do Salão do Imóvel e Feirão Caixa da Casa Própria, que encerrou no dia 22 de maio. Os organizadores, parceiros e imobiliárias participantes ficaram satisfeitas com os resultados do evento, que alcançou a marca dos R$ R$ 156,8 milhões, com 813 negócios fechados e prospectados. A realização do 12º Salão do Imóvel e Feirão CAIXA foi do Secovi-Oeste/SC, tendo como agente financeiro a CAIXA e apoio da Prefeitura de Chapecó, Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), Sinduscon/Oeste e Federação dos Secovis (FESECOVI) e CRECI-SC.

Os visitantes tiveram à disposição aproximadamente 3.450 imóveis, que variavam de R$ 110 mil a R$ 900 mil, além de terrenos a partir de R$ 90 mil. “Fui muito bem acolhida pelos profissionais, sempre muito receptivos. As imobiliárias trouxeram uma vasta gama de empreendimentos”, afirmou a compradora Ana Paula Alves, de Chapecó, que adquiriu seu primeiro imóvel no evento, pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Segundo ela, os fatores decisivos para a aquisição foram o valor e a localização do imóvel.

O fundador do Secovi-Oeste/SC, Armelindo Carraro, participa desde a primeira edição do evento e acompanha o crescimento da representatividade dele para o município e região de Chapecó. Ele conta que o perfil dos clientes tem induzindo as imobiliárias a melhorar, constantemente, o padrão dos imóveis oferecidos. “A cada feira notamos um público mais confiante, pois é uma oportunidade de conferir projetos totalmente legalizados, o que traz segurança aos clientes. Outra característica é que temos um público cada vez mais exigente, que busca conforto, boa localização e, além disso, um planejamento que reflita na qualidade de vida, com espaços de lazer e convivência”, explana.

Carraro que é também proprietário de uma imobiliária levou ao evento imóveis de médio e alto padrão que tiveram uma surpreendente procura. “Chapecó é uma cidade que tem se sustentado pelo pilar do agronegócio e também pela expansão na área da educação. Precisamos aproveitar o potencial do nosso município com planejamento para que os empreendimentos e negócios cresçam de forma ordenada”, explica. A Abba Imóveis completa, em outubro, 30 anos de atuação em Chapecó. Para o futuro, Carraro enfatiza que é necessário seguir melhorando em todos os sentidos, que vão desde a capacitação e atendimento dos profissionais até os produtos oferecidos e a estrutura das empresas.

O gerente da Demovelli Indústria de Móveis sob medida, Olívio Pazolini, confirmou interesse em participar do evento no próximo ano. “Unimos o útil ao agradável com a expansão de móveis para escritório para os móveis residenciais sob medida. Estávamos apreensivos sobre a participação no evento, valeu muito a pena, principalmente pelo grande número de clientes em potencial que alcançamos”, enfatiza. A Demovelli chamou atenção pela promoção “Casa 5A”, que oferecia móveis sob medida para cozinha, área de serviço, quarto de casal, quarto de solteiro e banheiro pelo preço de R$ 5.715,00.

O coordenador Rogério Guerra avaliou que o Salão do Imóvel e Feirão Caixa teve mais uma edição exitosa e isso se deve, principalmente, a participação de empresários e parceiros na realização do evento, juntamente com a organização que, juntos, desempenharam um papel determinante para os resultados alcançados. “O Salão do Imóvel e Feirão Caixa da Casa Própria é resultado de um setor imobiliário atuante e que, unido, oferece às famílias ótimas opções de imóveis”, garante.

Para o próximo ano, o presidente do Secovi-Oeste/SC, Ricardo Lunardi, espera que o sucesso do evento se repita, tanto pela qualificação do público, quanto pelo volume de negócios alcançados. “Nosso objetivo foi alcançado: o contato com novos e potenciais clientes, que vieram ao Salão do Imóvel e Feirão da Caixa pela credibilidade que o evento inspira em toda a região”, garante o presidente.

A conselheira estadual do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Santa Catarina (CRECI-SC), Neli Gottardi, enfatizou que é em tempos de crise que se fazem bons negócios. “O Salão tem aperfeiçoado, ano após ano, a qualificação no atendimento e opções em imóveis para ofertar sempre o melhor ao público visitante”, afirmou, confirmando o sucesso desta edição.

CAIXA

O gerente regional da Construção Civil da Caixa, Dilso Maximino Deitos, afirmou que praticamente todas as famílias que visitaram o evento realizaram simulações com os profissionais da Caixa, o que deixa evidente a intenção de compra da casa própria pelo púbico visitante. “As simulações feitas no Feirão, são um indicativo de bons negócios que acontecerão nos próximos meses, além dos negócios fechados nos três dias de evento”, elucida.

A Caixa Econômica Federal simulou financiamentos e atendeu as famílias que têm como sonho realizar a compra da casa própria. Mais de 40 profissionais trabalharam para esclarecer as dúvidas sobre as formas de financiamento. Além do programa de maior procura, o “Minha Casa, Minha Vida”, nesta edição, a CAIXA ofereceu financiamentos pelo programa Pró-Cotista, destinados a cotistas do FGTS para imóveis até R$ 400 mil. O prazo do financiamento imobiliário pode chegar a 35 anos e as taxas de juros, dependendo das condições de renda e valor do imóvel, são a partir de 4,5% ao ano. Além dessas linhas, a CAIXA também ofereceu opção em financiamento com recursos da poupança, através da Carta de Crédito Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Rua Fúlvio Aduci, 1214. 10° andar - Estreito, Florianópolis | SC - CEP: 88075-001

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.