Fiscalização do CRECI-SC intensifica ações na temporada

Por Assessoria de Comunicação CRECI-SC

16 de Janeiro de 2017

Com o grande fluxo de turistas no litoral catarinense, aumenta também o número de aproveitadores que tentam faturar em cima de quem vem de fora.

Dentre as atividades ilegais desenvolvidas nessa época está o exercício ilegal da profissão de Corretor de Imóveis e a contravenção praticada pelos chamados “plaqueteiros” ou “chaveteiros”, ou seja, pessoas que ficam nas ruas oferecendo aluguel de imóveis sem serem profissionais da área.

Para evitar essas práticas, a fiscalização do CRECI-SC tem realizado operações constantes nos principais balneários do Estado. Algumas dessas ações são realizadas inclusive com o apoio da Polícia Militar, através do convênio firmado com a Secretaria de Segurança Pública, além de equipes de fiscalização dos municípios envolvidos.

Neste quesito, a cidade de Bombinhas é um exemplo na luta contra essa atividade ilegal. O município é o único do Estado que possui uma lei proibindo a oferta de imóveis nas ruas, o que facilita ainda mais a fiscalização. “Ali nós temos uma comunicação constante entre CRECI-SC, Polícia Militar e Prefeitura. Quando alguém visualiza um problema, nós automaticamente acionamos os demais órgãos e organizamos as blitz para evitar essa atividade”, explica o coordenador de fiscalização do CRECI-SC, Edson Thrum.

Outras operações conjuntas com a Polícia Militar já foram realizadas nas cidades de Itapema e Balneário Camboriú e continuarão sendo agendadas também para outras cidades. Além das operações conjuntas, a fiscalização do CRECI-SC tem percorrido todo o litoral do Estado, cumprindo com sua função de garantir as boas práticas dentro da profissão de Corretor de Imóveis. 

Rua Trajano, 279. Edifício Trajanus, salas 101 e 102. Centro. Florianópolis | SC - CEP: 88010-010

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.