Novo como corretor, experiente na vida

Por Assessoria de Comunicação CRECI-SC

11 de Maio de 2016

No dia 2 de março deste ano, funcionários representantes da diretoria do CRECI-SC foram até Navegantes realizar a entrega de credenciais para os novos Corretores de Imóveis da região. Ao começar a solenidade, eles tiveram uma grata surpresa: entre os novos corretores estava o senhor Ademar Lopes, que ingressou na profissão aos 75 anos de idade. Decidimos então aproveitar a oportunidade para entrevistar o Corretor de Imóveis Ademar Lopes e descobrir o que faz com que uma pessoa, na idade em que muitos já pensam em se aposentar, procure uma nova carreira profissional.

 

1) O senhor já atuava no meio imobiliário, ou foi uma mudança de carreira?

Há muitos anos atrás, na década de 70 eu trabalhei nos finais de semana e feriados apresentando e vendendo lotes na praia de Gravatá o que me ajudava a completar minha renda como desenhista. Meu sogro foi uma das pessoas que com seu trabalho abriu a Avenida Beira Mar o que veio a contribuir para o crescimento e desenvolvimento do Balneário de Gravatá. Naquela época dava para contar o numero de casas e de banhistas na praia. 

 

2) Às vezes ouvimos das pessoas que seu sonho é a aposentadoria. Qual a sua motivação para continuar no mercado de trabalho? O senhor pensa em algum dia se aposentar?

Sim, certamente que eu penso em me aposentar. Quem sabe daqui alguns anos. Mas aposentar não significa parar. Sempre há oportunidade de se aprender ou reaprender coisas novas. 

 

3) Na sua opinião, qual a importância de buscar uma constante qualificação e atualização para um bom exercício da profissão e uma boa colocação no mercado de trabalho?

É fundamental para qualquer profissional, seja no inicio, meio ou final da sua carreira. A qualificação distingue você no mercado. E o mundo está mudando muito rápido. Se você não se atualizar, fica pra trás. E depois é mais difícil recuperar o tempo perdido. 

 

4) A experiência de vida tem influência no exercício profissional? Que tipo de benefícios essa experiência pode trazer para o dia a dia da profissão de Corretor de Imóveis?

Sim, a experiência de vida tem muita influência. Nós passamos a entender melhor as pessoas, suas necessidades e dificuldades. Também aprendemos a lidar melhor com as dificuldades e os obstáculos que surgem a nossa frente como no meu caso. Depois de tantos anos, já vivenciamos tantas crises e suportamos melhor as dificuldades por conta da nossa experiência. E assim, como Corretores de Imóveis, podemos ajudar outras pessoas a realizar seus sonhos, seja de comprar um imóvel ou de vender.

 

5) Que conselho o senhor daria para os mais jovens que ainda procuram uma profissão ou que recém começaram sua carreira profissional?

Meu conselho aos mais jovens é mantenha-se sempre atualizado, acompanhe as mudanças para não ficar de fora do mercado. Esteja preparado para lutar pelos seus sonhos. Os desafios surgem em qualquer época da vida. Muito obrigado pela atenção e iniciativa de vocês e por esta oportunidade. Sou muito grato ao CRECI-SC e por tudo que me ensinaram para me tornar um Corretor de Imóveis.

Rua Trajano, 279. Edifício Trajanus, salas 101 e 102. Centro. Florianópolis | SC - CEP: 88010-010

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.