Presidente do CRECI-SC fala sobre fiscalização e mercado imobiliário

Por Assessoria de Comunicação

13 de Abril de 2016

O presidente do CRECI-SC, Carlos Beims, concedeu entrevista para o quadro 8 em Ponto da RIC TV. Em aproximadamente 10 minutos de conversa, Beims abordou temas relevantes para os Corretores de Imóveis, com foco na atuação da fiscalização e o atual mercado imobiliário.

                O primeiro assunto tratado foi a recente divulgação do relatório da fiscalização do CRECI-SC sobre suas atividades em 2015. Beims ressaltou a importância da presença efetiva dos fiscais na rua, apurando eventuais irregularidades e prestando esclarecimentos à comunidade e Corretores de Imóveis. Um dado importante, segundo ele, é a constante diminuição dos autos de infração: “nós estamos percebendo que todo ano diminuem as infrações. Isso acontece porque, com a nossa fiscalização efetiva e presente, todos querem trabalhar dentro da lei, o que acaba dando maior prestígio à profissão”.

Ele lembrou também que o CRECI-SC é um órgão de defesa da sociedade, que atua para coibir as más práticas profissionais. Por isso, ressaltou a importância das pessoas procurarem Corretores de Imóveis credenciados e garantiu que o CRECI-SC está de portas abertas para qualquer dúvida ou consulta por parte da população.

A seguir foram abordadas questões relativas à atuação dos Corretores de Imóveis na atual conjuntura. O presidente disse que já viu momentos piores do que o atual e que os Corretores de Imóveis qualificados e interessados sempre conseguem vencer a crise. Beims enfatizou a questão da necessidade de qualificação e proatividade por parte dos Corretores de Imóveis: “hoje em dia um corretor não pode mais ficar sentado esperando o cliente. Já percebemos que o famoso plantão, onde o corretor fica lá horas esperando alguém aparecer, está destinado a acabar. As novas tecnologias revolucionaram o mercado e hoje é fundamental que o profissional, além do conhecimento técnico das operações de corretagem, esteja atualizado com as tecnologias de comunicação”.

Sobre as expectativas para o futuro, o presidente do CRECI-SC foi otimista: “Santa Catarina ainda está bem, se comparada com outros estados, até mesmo do Sul. A restrição no financiamento de imóveis por parte da Caixa prejudicou um pouco, mas outros bancos entraram forte nesse ramo. Também temos nichos de mercado e regiões do Estado onde a crise não se fez sentir. Quem souber se movimentar e for atrás dos negócios vai ver que a situação não é tão ruim assim”, disse Beims.

 

Assista AQUI a entrevista completa.

Rua Fúlvio Aduci, 1214. 10° andar - Estreito, Florianópolis | SC - CEP: 88075-001

CNPJ: 82.894.098/0001-32

Horário de funcionamento na sede: de segunda a sexta, das 9h às 18h.