CRECI-SC
Transparência e Prestação de Contas

VGV da construção avança no terceiro trimestre do ano

22 de Novembro de 2023

O VGV da construção civil brasileira registrou crescimento de 5,47% no terceiro trimestre de 2023, na comparação com igual período de 2022. O total corresponde a uma soma de R$ 7 bilhões de reais. Outro indicador positivo foi a queda nos distratos, que registrou uma redução de 36,68%. 

Os dados fazem parte do relatório Senior Index, publicado pela Senior Sistemas, empresa focada em soluções de tecnologia para a gestão na cadeia de construção. 

Os números acompanham as previsões positivas da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), que prevê que a indústria da construção deve fechar 2023 com crescimento de 1,5%. 

Outras informações do levantamento revelam que o segmento vem apresentando dinâmica positiva. Entre os destaques, está o valor do metro quadrado adquirido no período, que apresentou aumento de 16,46% na mesma base de comparação. O valor médio foi de R$ 8.455,24.

Como ponto de atenção, o relatório aponta que setor da construção registrou um declínio de 3,47% no volume de vendas no 3º trimestre de 2023.

Vendas retraem na soma geral, mas diversas regiões avançam

Apesar da queda de 3,47% no volume de vendas no terceiro trimestre, algumas regiões do País apresentaram saldo positivo.

Entre as regiões que tiveram melhor desempenho estão Rio de Janeiro (12,52%), São Paulo (6,20%) e Santa Catarina (1,96%). 

Por outro lado, os estados de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, apresentaram a menor performance no mesmo recorte.

"No geral o movimento é positivo e é muito bom ver Santa Catarina entre os estados com crescimento nas vendas. Isso mostra o vigor de nosso mercado imobiliário e o trabalho fundamental dos corretores de imóveis. Por isso, o CRECI/SC está realizando mais de 100 eventos em todo o estado e cursos a distância para 6 mil beneficiados até o final deste ano, tudo de forma gratuita, para contribuir na qualificação de nossos profissionais", explicou Fernando Willrich, presidente do Conselho. 

Caixa Econômica confirma a alta na procura por financiamento de imóveis

Além de pesquisa recente da consultoria Brain que atestou o otimismo na construção civil para os próximos meses, dados divulgados pela Caixa Econômica confirmam que a procura pela compra de imóveis está quente.

De acordo com informações publicadas pelo banco, nos três primeiros trimestres de  2023, a Caixa somou R$ 136,9 bilhões em contratações de crédito imobiliário, volume 10,3% maior que no mesmo período de 2022.

Falando especificamente do terceiro trimestre, foram R$ 51,4 bilhões em contratações de crédito imobiliário, uma alta de 4,7% frente ao mesmo período do ano passado.

Ainda segundo a publicação da Caixa, em 2023, o crédito imobiliário já beneficiou 2 milhões de pessoas com apoio para a aquisição de moradia, além de contribuir para a geração de 1 milhão de empregos.

(Do site Imobi Report, com texto extraído da reportagem de Rodrigo Arend)

Fúlvio Aducci, 1214, 10° andar. Estreito - Florianópolis/SC - 88075-001

0800 941 2124

FALE CONOSCO